O seu carrinho de compras está vazio

Loja

Quantidade: 0

Total: 0,00

0

Eclipse lunar

Eclipse lunar

Um eclipse lunar ocorre quando a Lua passa pelo cone de sombra da Terra.

Geografia

Palavras-chave

eclipse lunar, Lua, cone de sombra, penumbra, umbra, lua cheia, órbita da Lua, rotação síncrona, plano orbital, Sol, Terra, corpo celeste, astronomia, geografia

Itens relacionados

Questôes

  • Qual a posição relativa do Sol, da Lua e da Terra durante um eclipse lunar?
  • Em que fase está a Lua durante um eclipse lunar?
  • Quando podemos observar o eclipse lunar?
  • Um eclipse lunar ocorre toda vez que há Lua Cheia?
  • Com que frequência ocorre um eclipse lunar?
  • É verdade que os planos orbitais da Terra e da Lua coincidem?
  • É verdade que a Lua está em rotação sincrónica com a Terra?
  • É verdade que sempre vemos a mesma face da Lua a partir da Terra?
  • É verdade que um eclipse lunar ocorre quando a Lua se encontra no plano orbital da Terra ou nas suas imediações?
  • É verdade que a Lua tem luz própria?
  • É verdade que um eclipse lunar não ocorre somente durante a fase de Lua Cheia?
  • Quando acontece o eclipse lunar?
  • O que significa o termo "rotação sincrónica"?
  • Quanto tempo demora a Lua a completar uma órbita em volta da Terra?
  • O que é a umbra?
  • O que é a penumbra?
  • Em que momento ocorre um eclipse total da Lua?
  • Em que momento ocorre um eclipse parcial da Lua?
  • A Lua fica com que coloração durante um eclipse lunar?

Cenas

Posição do Sol, da Lua e da Terra

  • Sol
  • luz do Sol
  • Lua
  • Terra
  • Órbita Lunar - A Lua completa uma órbita (elítica) em volta da Terra em 27,3 dias, o mesmo tempo que necessita para girar sobre o seu eixo. É por isto que vemos sempre a mesma face da Lua. Isso é o que se chama rotação sincrónica.

Um eclipse lunar ocorre quando a Lua passa por dentro da sombra da Terra. Quando isto acontece, o Sol deixa de ficar visível a partir da Lua, bloqueado pela Terra. Este fenômeno só acontece na Lua Cheia, quando o satélite está completamente iluminado pelo Sol, estando o Sol, a Terra e a Lua dispostos numa linha reta.

O eclipse lunar é visível para todo o hemisfério noturno da Terra. A duração do eclipse pode ser de até 107 minutos. No entanto, o primeiro e último contato da Lua com o cone de sombra da Terra pode durar até 6 horas.

Cone de sombra

  • luz do Sol
  • Sol
  • Terra
  • Lua
  • Órbita Lunar - A Lua completa uma órbita (elítica) em volta da Terra em 27,3 dias, o mesmo tempo que necessita para girar sobre o seu eixo. É por isto que vemos sempre a mesma face da Lua. Isso é o que se chama rotação sincrónica.
  • penumbra (sombra parcial) - Uma parte da luz solar chega a esta região.
  • umbra (sombra total) - Região onde a Terra bloqueia toda a luz solar direta.

Eclipse

  • luz do Sol
  • Sol
  • Terra
  • Lua
  • Órbita Lunar - A Lua completa uma órbita (elítica) em volta da Terra em 27,3 dias, o mesmo tempo que necessita para girar sobre o seu eixo. É por isto que vemos sempre a mesma face da Lua. Isso é o que se chama rotação sincrónica.
  • penumbra (sombra parcial) - Uma parte da luz solar chega a esta região.
  • umbra (sombra total) - Região onde a Terra bloqueia toda a luz solar direta.

Animação

  • luz do Sol
  • Lua
  • Sol
  • Terra
  • Órbita Lunar - A Lua completa uma órbita (elítica) em volta da Terra em 27,3 dias, o mesmo tempo que necessita para girar sobre o seu eixo. É por isto que vemos sempre a mesma face da Lua. Isso é o que se chama rotação sincrónica.
  • penumbra (sombra parcial) - Uma parte da luz solar chega a esta região.
  • umbra (sombra total) - Região onde a Terra bloqueia toda a luz solar direta.
  • plano orbital da Lua
  • plano orbital da Terra
  • - Ângulo entre os planos orbitais da Lua e da Terra.

Planos orbitais

  • Terra
  • Lua
  • plano orbital da Lua
  • plano orbital da Terra
  • - Ângulo entre os planos orbitais da Lua e da Terra.

Narração

O eclipse lunar ocorre quando a Lua passa por dentro da sombra do nosso planeta. Para compreender esse fenômeno, é necessário entender antes o comportamento orbital da Lua e da Terra, um em relação à outra.

A Lua é a companheira ancestral da Terra e seu único satélite natural. Ela orbita o planeta incessantemente. Em termos mais exatos: a lua gira numa órbita elítica em torno do centro comum de massas da Lua e da Terra. O centro de massas do sistema Terra-Lua encontra-se no interior da Terra. Uma órbita lunar dura 27,3 dias, que é o mesmo tempo que Lua precisa para girar sobre o seu próprio eixo. É por isso que vemos sempre a mesma face da Lua. Isse é chamado de rotação sincrónica.

A Lua não emite luz, mas reflete a luz solar. A Terra bloqueia a luz do Sol, formando uma sombra atrás de si. Uma vez que o Sol é maior que a Terra, a sombra desta é composta por dois componentes em forma de cone. O cone interior, ou umbra, é uma região de sombra completa que não recebe luz solar direta. Por outro lado, a penumbra é a parte externa da sombra da Terra, uma região onde a luz solar se encontra apenas parcialmente bloqueada.

O eclipse lunar ocorre quando a sombra da Terra cai sobre a Lua. Deve haver duas condições para que se produza um eclipse lunar. Em primeiro lugar, a Lua deve estar do outro lado da Terra, vista a partir do Sol, ou seja, na fase de Lua Cheia. Só assim pode entrar no cone de sombra. A segunda condição é que a Lua se encontre no plano de rotação da Terra ou perto.

Uma vez que o plano orbital da Lua está inclinado 5 graus em relação ao da Terra, as fases da Lua Cheia têm normalmente lugar quando a Lua está acima ou abaixo da sombra da Terra. Isto explica por que os eclipses lunares não ocorrem em todas as luas cheias, mas apenas duas ou três vezes por ano.

O eclipse lunar total ocorre quando toda a Lua passa pela umbra da Terra. O eclipse lunar parcial ocorre quando só uma parte da Lua passa pela umbra da Terra. O terceiro tipo de eclipse lunar, conhecido como eclipse lunar penumbral, ocorre quando a Lua passa pela penumbra da Terra. Este último é o mais difícil de se observar a olho nu. Já os eclipses total e o parcial podem ser observados em qualquer parte do hemisfério noturno da Terra. O espetáculo pode durar até 107 minutos, podendo levar até seis horas entre o momento em que a Lua passa pela sombra da Terra até que ela saia.

A Lua não desaparece por completo do céu noturno, nem mesmo durante um eclipse total. Ela fica geralmente com uma cor vermelho escura, resultante do fato de a atmosfera terrestre refratar a luz solar e refletir parte dela na sua sombra. Como a luz vermelha possui ondas longas, que é menos absorvida pela atmosfera, a Lua adquire essa cor avermelhada durante o eclipse. A tonalidade e o grau de escurecimento da Lua dependem das condições atmosféricas do dia, mas também da quantidade de poeira presente na atmosfera.

Itens relacionados

Formação da Terra e da Lua

Esta animação demonstra como a Terra e a Lua foram formadas.

Eclipse solar

Quando o Sol, a Terra e a Lua estão dispostos em linha reta, a Lua pode parcialmente ou completamente esconder Sol.

Experiência de radar lunar (Zoltán Bay, 1946)

O cientista húngaro foi o primeiro a detectar ecos de radar da Lua, em 1946.

Fases da Lua

Durante a sua órbita em torno da Terra, a visibilidade da sua parte iluminada muda constantemente.

Lua

A Lua é o único satélite da Terra.

Missão Apollo 15 (veículo lunar)

A animação mostra o veículo lunar de dois lugares utilizado na Missão Apollo 15.

O ciclo de vida do Sistema Solar

O Sol e os planetas formaram-se há 4.500 Bilhões de anos, após o colapso gravitacional de uma nuvem de poeira.

Pouso na Lua: 20 de julho de 1969

Neil Armstrong, um dos tripulantes da Apollo 11, foi o primeiro homem a pisar na superfície da Lua.

Via Láctea

O diâmetro da nossa galáxia é de cerca de 100 mil anos-luz, contendo mais de 100 bilhões de estrelas, uma das quais é o nosso Sol.

Marés

Subida e descida do nível do mar causadas pela força gravitacional da Lua.

Added to your cart.