O seu carrinho de compras está vazio

Loja

Quantidade: 0

Total: 0,00

0

Dédalo e Ícaro

Dédalo e Ícaro

Um antigo mito grego sobre a tragédia de um pai e seu filho que queriam escapar da ilha de Creta.

Ensino Primário - Língua Materna

Palavras-chave

Dédalo, Ícaro, aviação, lenda, grego, Antiguidade, mitologia, Minotauro, labirinto, Creta

Itens relacionados

Cenas

Preparação ao voo

O voo de Dédalo

O voo e a queda de Ícaro

Vista do alto

Animação

Narração

Dédalo, o construtor do labirinto de Creta, aconselhou Ariadne sobre como fazer Teseu sair do labirinto depois deste ter matado o Minotauro. Por causa disso, o rei Minos fechou Dédalo e seu filho Ícaro no labirinto. Embora eles tenham conseguido escapar do labirinto subornando os guardas, não podiam escapar da ilha de barco.

Dédalo, que tinha estudado o voo dos pássaros, decidiu construir umas asas. Costurou com fios de linho algumas plumas e depois colou-as com cera e mel. Dédalo e seu filho queriam usar as asas para voar até a Sicília.

O pai ensinou ao seu filho como usar as suas asas. Antes da partida, recomendou-lhe não voar muito perto do sol, porque os raios poderiam derreter a cera e o mel. Também aconselhou o seu filho a não voar muito baixo, porque as ondas do mar poderiam molhar as plumas e arruinar as asas.

De início, parecia que o plano de Dédalo estava a funcionar, mas a exaltação do voo fez Ícaro esquecer as recomendações que o pai lhe tinha dado. Voou muito perto do sol e assim o calor derreteu a cera das asas de Ícaro, que se desintegraram. Ao cair, Ícaro gritou desesperadamente e em vão o nome do pai, que não conseguiu salvar o seu filho. Ícaro despenhou-se no mar e morreu.

O seu corpo foi encontrado mais tarde por Hércules. Desde então, o mar onde Ícaro caiu passou a ter o seu nome. Dédalo conseguiu por fim chegar à Sicília, pois as suas asas permaneceram intactas.

Itens relacionados

Palácio de Cnossos (2º milênio a.C.)

O maior complexo arquitetônico da Idade do Bronze era provavelmente o centro da civilização minoica, na Creta antiga.

A história da aviação

A animação resume o desenvolvimento da aviação desde o início até os dias atuais.

Cerâmica da Grécia Antiga

As obras de arte de cerâmica da Grécia Antiga são importantes artefatos arqueológicos.

Deuses gregos

Na mitologia grega antiga, os deuses do Olimpo eram tão diversificados quanto os seres humanos.

O soldadinho de chumbo

A personagem lendária de Hans Christian Andersen volta à vida em um diorama.

Pouso de emergência no Sara (O Principezinho)

O pouso de emergência do piloto está presente na história mais famosa de Antoine de Saint-Exupéry, ´O Pequeno príncipe´.

Cavalo de Troia

Segundo a epopeia de Homero, foi o artifício de Ulisses que causou o desastre da cidade de Troia.

O ateliê de Leonardo da Vinci (Florença, século XVI)

Visite o ateliê do polímata renascentista, com as suas importantes invenções e obras de arte.

Planador de Otto Lilienthal

O engenheiro alemão Otto Lilienthal foi a primeira pessoa a realizar voos bem-sucedidos com um planador concebido por ele mesmo.

Invenções de Leonardo da Vinci - Asa mecânica (1493-1495)

A asa mecânica é uma das obras-primas entres os esboços de Leonardo da Vinci relacionados com a aviação.

Inventos de Leonardo da Vinci - Asa oscilante (1487–1489)

Para o desenho da asa oscilante, Leonardo baseou-se nas asas dos pássaros e em uma hipótese equivocada.

Inventos de Leonardo da Vinci - ornitóptero (1488-1489)

O objetivo deste engenho extraordinariamente complexo era imitar as diferentes fases do voo das aves.

Added to your cart.