O seu carrinho de compras está vazio

Loja

Quantidade: 0

Total: 0,00

0

Cavalo de Troia

Cavalo de Troia

Segundo a epopeia de Homero, foi o artifício de Ulisses que causou o desastre da cidade de Troia.

História

Palavras-chave

Cavalo de Troia, Troia, Guerra de Troia, Homero, Ulisses, Ilíada, épica, Menelau, Agamenon, Ilion, gregos, Helena, Aquiles, Hélade, Ásia Menor, deuses gregos, Odisseia, lenda, guerreiro, truque, exército, ataque, cerco

Itens relacionados

Cenas

Cidade de Troia

Oferenda aos deuses

Animação

Festa

Cavalo de Troia

Noite

Passeio

Narração

Segundo as lendas gregas antigas, a Guerra de Troia foi causada pelo rapto de Helena, esposa do rei espartano Menelau, por Páris, o príncipe troiano. Os gregos juraram vingança e uniram as suas forças militares, organizando um exército poderoso que foi enviado para Troia.

A cidade conhecida como Ílios, cujos muros eram considerados inexpugnáveis, tornou-se o alvo de uma guerra sangrenta, cujos eventos são contados na epopeia Ilíada, do poeta Homero. A epopeia criada no século VIII a. C. narra apenas um episódio curto da guerra, e não menciona o fim da mesma, que durou 10 anos.

Segundo a lenda, Ulisses, rei de Ítaca, que lutava contra os troianos, viu um dia um soldado a talhar um cavalo de madeira. Assim nasceu a sua ideia. Mandou construir um enorme cavalo de madeira, cujo interior escondia os soldados gregos, entre eles Aquiles. Fingindo terem desistido da guerra, os gregos embarcaram em seus navios e navegaram até uma ilha próxima. Os troianos pensaram que os gregos tinham desistido do cerco da cidade. Um soldado grego, Sinon, seguindo as instruções de Ulisses, fingiu que era traidor e convenceu o rei de Ílios, Príamo, a levar o cavalo para dentro das muralhas. A adivinha Cassandra e Laocoonte, sacerdote de Apolo, protestaram contra a introdução do cavalo, mas Príamo não acreditou neles.

Exultantes, os troianos carregaram o cavalo para dentro das muralhas e organizaram uma grande festa. Quando adormeceram, Sinon fez sair os soldados gregos do cavalo. Estes abriram as portas da cidade e fizeram sinal ao exército helénico. A cidade desprotegida ficou à mercê do inimigo e das chamas.

Itens relacionados

Acrópole (Atenas, século V a.C.)

A Acrópole é a cidadela mais famosa do mundo e foi construída na época da paz de Péricles.

Bastilha (Paris, século XVIII)

A prisão parisiense tornou-se lendária, após a Revolução de 1789.

Cerâmica da Grécia Antiga

As obras de arte de cerâmica da Grécia Antiga são importantes artefatos arqueológicos.

Deuses gregos

Na mitologia grega antiga, os deuses do Olimpo eram tão diversificados quanto os seres humanos.

Falange militar da Grécia e da Macedônia

A falange foi uma formação militar de infantaria pesada da Grécia Antiga.

Micenas (2º milênio a.C.)

Com uma cultura avançada, esta cidade foi o primeiro povoamento na história a ter uma cidadela.

Palácio de Cnossos (2º milênio a.C.)

O maior complexo arquitetônico da Idade do Bronze era provavelmente o centro da civilização minoica, na Creta antiga.

Tesouro de Atreu (Micenas, século XIV a.C.)

Túmulo abobadado no local da antiga cidade de Micenas, atribuído ao mítico rei Atreu.

Tipos de colunas gregas antigas

As ordens de colunas dórica, jónica e coríntia são diferentes em tamanho e ornamentação.

Armas de cerco dos antigos romanos

Os antigos conquistadores romanos tinham eficientes armas de cerco, usadas no ataque a fortificações.

Dédalo e Ícaro

Um antigo mito grego sobre a tragédia de um pai e seu filho que queriam escapar da ilha de Creta.

Torre de cerco da Macedônia (IV século a.C.)

O exército de Alexandre Magno utilizou com sucesso as torres de cerco para tomar as fortificações inimigas.

Added to your cart.