O seu carrinho de compras está vazio

Loja

Quantidade: 0

Total: 0,00

0

Carruagens do correio (Grão-Bretanha, século XVIII)

Carruagens do correio (Grão-Bretanha, século XVIII)

Antes do aparecimento dos veículos motorizados, as cartas e encomendas eram enviadas em carruagens puxadas por cavalos.

História

Palavras-chave

coche da mala-posta, correios, viagem, carruagem de cavalos, mensajero, ferreiro, mozo de caballos, Inglaterra, transporte, carruagem, bagagem, encomenda, passageiro, cabina, Idade Moderna, rede, estação

Itens relacionados

Questôes

  • Geralmente, quantos cavalos puxavam uma carruagem do correio?
  • Qual destas NÃO era função das estalagens do correio?
  • Qual era a distância entre as estalagens?
  • As carruagens do correio viajavam em rotas escolhidas pelos seus passageiros. Verdadeiro ou falso?
  • O que as carruagens do correio carregavam?
  • Os que as carruagens do correio não carregavam?
  • É verdade que as carruagens do correio tinham um cronograma predeterminado?
  • É verdade que as carruagens do correio estavam viajando em rotas especificas?
  • O que as carruagens do correio transportavam?
  • É verdade que as carruagens do correio podiam transportar até 8 passageiros?
  • Que tipo de serviço era encontrado na maioria das estalagens?
  • Que tipo de serviço era encontrado na maioria das estalagens?
  • Em que século começou a entrega de cartas e encomendas?
  • Em que século o serviço de carruagens de correio foi lançado?
  • Em que século os trens substituíram as carruagens de correio na Grã-Bretanha?
  • O que substituiu as carruagens do correio na Grã-Bretanha em meados do século XIX?
  • Quantos passageiros podiam viajar dentro da carruagem?
  • Onde, na carruagem, ia sentado o guarda armado?
  • O que ia armazenado na caixa sob o assento do guarda?
  • Onde os passageiros guardavam a bagagem?
  • Qual era a velocidade média da carruagem da Royal Mail no século XVIII?
  • Quanto tempo demorava para completar uma viagem de aproximadamente 200 km de Bristol a Londres em 1784?
  • É verdade que os guardas eram funcionários bem remunerados pela Royal Mail?
  • O que NÃO era exibido na carruagem do correio?
  • Quais eram as cores características das carruagens da Royal Mail?
  • É verdade que cavalos cansados ​​eram substituídos por outros nas estalagens?

Cenas

Carruagem

  • caixa da correspondência
  • assento do guarda
  • confre para a arma do guarda
  • bagagens
  • assento de passageiro
  • cocheiro
  • carruagem (4 pessoas)
  • estribo lateral
  • insígnia da Ordem do Bath
  • número do coche mala-posta
  • Royal Mail
  • brasão real
  • estação de partida e de chegada

Em geral, as carruagens do correio eram puxados por quatro cavalos. Quatro passageiros podiam viajar dentro da carruagem e mais três ou quatro fora, atrás ou ao lado do cocheiro.

A bagagem era transportada no teto. Na retaguarda havia um guarda armado com uniforme, responsável pela segurança da correspondência.

O correio estava guardado na caixa sob o assento do guarda. O guarda, bem pago, não estava autorizado a deixar o seu lugar, devendo proteger o correio a todo momento. Eles também eram responsáveis ​​por entregar a correspondência pessoalmente, no caso de a carruagem ficar parada por algum motivo.

Em 1784, com as ideias de Palmer implementadas, uma carruagem do correio vindo de Londres cobriu uma distância de 200 km ate Bristol em 16 horas, ao invés das habituais 38. As estradas, no entanto, tinham más condições, de modo que os coches de correio viajavam a velocidades de 11 a 13 km/h no verão e apenas cerca de 8 km/h no inverno. Na segunda metade do século XIX, durante o reinado da rainha Vitória, as viagens de carroças tornaram-se mais rápidas graças a melhorias consideráveis ​​na estrada.

Estalagem postal

O Royal Mail, serviço de correios da Grã-Bretanha, foi estabelecido já em meados do século XVII, mas nesse tempo sua operação era altamente ineficiente.

A correspondência era entregue por carteiros que viajavam a cavalo de uma agência postal para outra, de modo que o método era bastante lento e perigoso. Em 1782, John Palmer, um abastado cidadão da cidade de Bath, submeteu uma proposta aos Correios em Londres para reformar o sistema postal.

A essência de sua ideia era transportar cartas e encomendas em carruagens que viajavam entre estalagens postais. A carruagem do correio era puxado por cavalos e transportava passageiros também. Um guarda armado acompanhava o veículo para proteger a correspondência.

Graças à ideia de Palmer, as estalagens postais tornaram-se cada vez mais comuns. Elas foram construídas a uma distância que variava entre 16 a 24 quilômetros uma das outras.

As estalagens estavam equipadas com todas as ferramentas necessárias para receber a correspondência e os passageiros. O estalajadeiro e os empregados serviam os passageiros enquanto o cavalariço cuidava dos animais. Ferreiros e marceneiros também trabalhavam nas estalagens para manter as carruagens sempre em serviço.

O projeto de Palmer modernizou o sistema postal na Grã-Bretanha, mas, em meados do século 19, o novo sistema perdeu terreno com o surgimento da ferrovia.

Estrutura

  • estrada
  • aposento dos funcionários
  • sótão para a palha
  • portão
  • cavalariço
  • estábulo
  • quartos para alugar (para passageiros pobres)
  • cocheiro
  • garagem das carruagens
  • passageiro
  • criado
  • forja
  • oficina de rodas
  • pousada (para passageiros ricos)
  • horta

Passageiros

Rotas

  • Exeter
  • Dorchester
  • Porthsmouth
  • Brighton
  • Dover
  • Bristol
  • Londres
  • Bath
  • Cardiff
  • Pembroke
  • Gloucester
  • Worcester
  • Newport
  • Cambridge
  • Ipswich
  • Norwich
  • Derby
  • West Chester
  • Holyhead
  • Doncaster
  • Shrewsbury
  • Louth
  • Hull
  • York
  • Lancaster
  • Carlisle
  • Newcastle
  • Edinburgh
  • Glasgow

Passeio

Animação

  • caixa da correspondência
  • assento do guarda
  • confre para a arma do guarda
  • bagagens
  • assento de passageiro
  • cocheiro
  • carruagem (4 pessoas)
  • estribo lateral
  • Exeter
  • Dorchester
  • Porthsmouth
  • Brighton
  • Dover
  • Bristol
  • Londres
  • Bath
  • Cardiff
  • Pembroke
  • Gloucester
  • Worcester
  • Newport
  • Cambridge
  • Ipswich
  • Norwich
  • Derby
  • West Chester
  • Holyhead
  • Doncaster
  • Shrewsbury
  • Louth
  • Hull
  • York
  • Lancaster
  • Carlisle
  • Newcastle
  • Edinburgh
  • Glasgow

Narração

O serviço postal britânico sofreu grandes mudanças no final do século XVIII. John Palmer sugeriu a criação de um novo sistema de transporte para a correspondência e foram construídas estalagens postais, ligando as grandes cidades.

Estas estalagens ofereciam alojamento adequado para os passageiros. Cavalos cansados eram substituídos por outros cavalos, e artesãos habilidosos poderiam consertar as carruagens caso fosse necessário.

Em geral, as carruagens do correio eram puxadas por quatro cavalos. Quatro passageiros podiam viajar dentro dela e mais três ou quatro fora, na parte traseira ou ao lado do cocheiro.

A bagagem era transportada no teto. Um guarda armado, funcionário dos correios, acompanhava a carruagem, sentando-se sobre a caixa de correspondência localizada na retaguarda do veículo.

As reformas foram bem-sucedidas e uma rede altamente eficiente foi estabelecida no início do século XIX. Embora o surgimento da ferrovia tenha diminuído a importância das carruagens do correio, elas ainda estavam cortando as estradas da Grã-Bretanha na segunda metade do século XIX.

Itens relacionados

Desenvolvimento do transporte de mercadorias

Esta animação mostra o desenvolvimento do transporte de mercadorias, desde as carroças puxadas por cavalo até os modernos caminhões.

Máquina a vapor de James Watt (século XVIII)

A máquina a vapor elaborada pelo engenheiro escocês, com as suas várias possibilidades de uso, revolucionou a técnica.

Redes de transporte

A animação mostra as principais rotas aéreas, aquáticas e terrestres e também os nós de transporte.

Torre de Londres (século XVI)

A intrigante história deste castelo histórico estende-se por cerca de mil anos.

Evolução da bicicleta

Inicialmente vista como mero brinquedo, a bicicleta sofreu inumeras transformaçãoes que refletem bem o desenvolvimento tecnicológico dos últimos três séculos.

Funcionamento de um canhão (século XVIII)

O canhão foi um importante tipo de arma de fogo no início da história moderna, de largo uso tanto em terra como no mar.

Invenções na indústria têxtil do século XVIII

As invenções no século XVIII resultaram em enormes avanços no desenvolvimento da indústria têxtil.

Locomotiva Rocket (1829)

A locomotiva do engenheiro inglês George Stephenson foi construída em 1829 para um concurso de locomotivas.

Navio de guerra inglês (século XVIII)

Nos séculos XVII, XVIII e XIX, os navios à vela ingleses estavam entre os melhores do mundo.

Vestuário na Europa Ocidental (século XIX)

O vestuário reflete o estilo de vida e a cultura dos habitantes de uma determinada região e época.

Como funciona a rede de computadores?

A Internet permite-nos o rápido envio de dados a longa distância.

Oktogon, Budapeste (início do século XX)

Um importante cruzamento em Budapeste da virada do século.

Palácio rococó (Fertőd, Hungria)

O complexo do palácio e parque é o maior monumento rococó da Hungria, apelidado frequentemente de "Versailles Húngaro".

Desenvolvimento dos automóveis

Os automóveis desenvolveram-se bastante desde o final do século XIX.

Salão burguês

Esta animação compara uma sala de estar de hoje com um típico salão burguês do passado.

Added to your cart.