O seu carrinho de compras está vazio

Loja

Quantidade: 0

Total: 0,00

0

Batalha de Mohács (29 de Agosto, 1526)

Batalha de Mohács (29 de Agosto, 1526)

A devastadora derrota nesta batalha contra os Otomanos marcou o fim de uma era na história da Hungria.

História

Palavras-chave

Batalha de Mohács, Mohács, Mohács plain, 1526, Luís II, Suleiman I, Pál Tomori, Jorge de Zápolya, batalha, Szabács, Nándorfehérvár, Zemun, expansão otomana, forças armadas, Csele-patak, Reino da Hungria, Império Otomano, história militar, húngaro, exército, turco, ocupação, história

Itens relacionados

Cenas

Mohács e os seus arredores

  • Ferenc Batthyány, Ban da Croácia
  • Gáspár Ráskai, Ispán do Condado de Temes
  • Pál Tomori, arcebispo de Kalocsa, comandante-chefe
  • Luís II, Rei da Hungria
  • Péter Perényi, Conde de Temesvár
  • Exército da Rumélia
  • Malkoçoğlu Bali Bey
  • Janízaros
  • Suleiman I
  • Exército da Anatólia
  • N

Exército húngaro

  • Ferenc Batthyány, Ban da Croácia
  • Gáspár Ráskai, Ispán do Condado de Temes
  • Pál Tomori, arcebispo de Kalocsa, comandante-chefe
  • Luís II, Rei da Hungria
  • Péter Perényi, Conde de Temesvár
  • N

Exército otomano

  • Exército da Rumélia
  • Malkoçoğlu Bali Bey
  • Janízaros
  • Suleiman I
  • Exército da Anatólia
  • N

Acontecimentos

  • Ferenc Batthyány, Ban da Croácia
  • Gáspár Ráskai, Ispán do Condado de Temes
  • Pál Tomori, arcebispo de Kalocsa, comandante-chefe
  • Luís II, Rei da Hungria
  • Péter Perényi, Conde de Temesvár
  • Exército da Rumélia
  • Malkoçoğlu Bali Bey
  • Janízaros
  • Suleiman I
  • Exército da Anatólia
  • N

Narração

Primeira fase (29 de agosto de 1526, início da tarde)

O exército húngaro, liderado pelo rei Luís II, alinhou-se no campo perto de Mohács. O exército otomano, liderado por Suleiman I, marchou em ordem de batalha para o campo. No exército húngaro havia 25.000 soldados, enquanto no exército otomano havia 60.000. Os otomanos tinham mais canhões e o terreno também resultou mais favorável para a estratégia deles. No início da batalha, uma tropa de uma cavalaria leve irregular saiu dos corpos da Rumélia que formava o flanco esquerdo e tentou rodear o flanco direito húngaro. Pál Tomori, o comandante-chefe húngaro, mandou uma defesa lateral para evitar isto.

Segunda fase (29 de agosto de 1526, tarde)

Tomori aconselhou ao rei a encomendar o ataque. Provavelmente, o flanco direito e o centro da tropa foram os primeiros a atacar. No início, a ofensiva parecia bem-sucedida mas, brevemente, os otomanos assumiram a iniciativa. Devido aos seus canhões e à superioridade em número, gradualmente rodearam e fizeram retroceder os húngaros. A batalha tornou-se caótica.

Terceira fase (29 de agosto de 1526, tarde)

A primeira batalha de pouca duração acabou com a derrota esmagadora do exército húngaro. Muitas são as causas disto: o reforço que estavam à espera não chegou, o lugar e as táticas foram mal escolhidos e o exército otomano foi vastamente superior. Os húngaros sofreram uma enorme perda. Na batalha, além dos soldados, morreram vários líderes eclesiásticos, nobres e também o rei húngaro. Segundo a lenda, o rei Luís II afogou-se num pequeno ribeiro. Os otomanos não perseguiram os húngaros que estavam a fugir porque tinham medo de que chegasse a 'principal força' húngara.

Itens relacionados

Soldados otomanos (século XVI)

O exército otomano incluia janízaros (soldados pagos) e sipahis (cavaleiros vassalos).

Casamento real (século XV)

Beatriz de Aragão foi a segunda mulher do rei húngaro Matthias Corvinus.

Roda de fogo

Esta arma letal, uma roda de moinho de água carregada com pólvora e óleo, foi inventada pelos defensores do Castelo de Eger e usada contra os atacantes...

Sultão otomano (século XVI)

O Sultão era o líder do Império Otomano, senhor da vida e da morte.

Topografia histórica (personalidades importantes, história húngara)

Encontra no mapa lugares relacionados com personalidades ou acontecimentos importantes da história húngara.

Batalha de Muhi (11 e 12 de Abril, 1241)

A derrota devastadora dos Húngaros nesta batalha contra os Mongóis foi o resultado de uma série de más decisões.

Batalha de Varna (1444)

O rei húngaro Vladislau I faleceu na batalha, perdida, contra os Otomanos.

Cerco de Belgrado (4 a 22 julho de 1456)

Esta foi a maior batalha na história das guerras entre Húngaros e Otomanos, no século XV. A sua memória foi preservada no toque diário dos sinos, ao...

Topografia histórica (batalhas, história húngara)

Assinale num mapa vazio os locais de batalhas importantes da história húngara.

O soldadinho de chumbo

A personagem lendária de Hans Christian Andersen volta à vida em um diorama.

Táticas de ataque húngaro (século IX e X)

Uma das táticas da cavalaria ligeira húngara consistia em fingir a retirada, levando os adversários a desmobilizar as suas fileiras, momento no qual os...

Added to your cart.