O seu carrinho de compras está vazio

Loja

Quantidade: 0

Total: 0,00

0

Águas subterrâneas

Águas subterrâneas

As águas pluviais, os aquíferos e as águas artesianas são diferentes tipos de massas de água que se encontram abaixo da superfície.

Geografia

Palavras-chave

águas subterrâneas, aquífero, aquífero fissurado, água de solo, água artesiana, água cársica, camada impermeável, camada permeável, área cársica, font cárstica, água potável, cárstico, caverna, precipitação, agricultura, subida das águas subterrâneas, ciclo da água, poço, ebulição, ribeiro, rio, hidrografia, natureza, hidrosfera, água, geografia

Itens relacionados

Cenas

Águas artesianas

  • água subterrânea - Água que se acumula por cima da camada impermeável situada mais acima.
  • camada impermeável - Uma camada de minerais com uma baixa capacidade de permeabilidade.
  • águas artesianas - Uma camada subterrânea de água que se encontra entre duas camadas impermeáveis.
  • poço artesiano - O aquífero sob pressão pode subir à superfície por si mesmo, ou pode criar um poço através do qual é possível aceder-lhe.
  • 80 m
  • humidade no solo - Água que rodeia as partículas do solo situadas por cima do nível freático, que apenas em parte preenche os espaços livres entre elas. É uma camada não-contígua.

Águas subterrâneas são as águas que se encontram debaixo da superfície e têm uma relação direta com o solo. Grande parte da nossa provisão de água encontra-se debaixo da superfície. Estas águas servem como fontes de água potável ou para irrigação na agricultura.

A camada impermeável de minerais é uma camada de baixa capacidade de permeabilidade, portanto a água não consegue penetrar nela. A água que se encontra entre a superfície e a camada impermeável denomina-se água subterrânea e a que se encontra debaixo da camada impermeável, denomina-se aquífero.

A água subterrânea situa-se sobre a camada impermeável e aqui filtram-se as precipitações e as águas da superfície. Situa-se entre dois e cinco metros abaixo da superfície.
O nível das águas subterrâneas depende do tempo atmosférico e afeta diretamente a agricultura.
No caso de precipitações abundantes, o nível das águas subterrâneas sobe tanto que alcança a superfície em zonas submersas. A este fenômeno, chama-se águas de infiltração.
No caso de escassas precipitações, o nível das águas subterrâneas baixa. Os materiais prejudiciais penetram nas águas subterrâneas facilmente, tornando-as inaptas para consumo humano. O fluxo das águas subterrâneas pode levar os contaminantes a grandes distâncias, por isso a sua proteção é importante.

Os aquíferos encontram-se abaixo da camada impermeável ou entre duas camadas impermeáveis. Grande parte das águas subterrâneas são aquíferos. São difíceis de contaminar e a sua reposição é muito lenta. São usados como fontes de água potável.

Nas bacias, é típico que duas camadas impermeáveis pressionem entre si a água subterrânea. A este fenômeno chama-se água artesiana. Quando um poço artesiano é criado, penetra-se na camada impermeável superior e a água sobe por causa da pressão.

Em áreas Cársticas, a água cárstica cria-se mediante a água filtrada pelos orifícios formados nas rochas.

Os aquíferos costeiros encontram-se junto às águas superficiais. A camada de areia e gravilha filtra a água dos rios.

Aquífero

Águas subterrâneas são as águas que se encontram debaixo da superfície e têm uma relação direta com o solo. Grande parte da nossa provisão de água encontra-se debaixo da superfície. Estas águas servem como fontes de água potável ou para irrigação na agricultura.

A camada impermeável de minerais é uma camada de baixa capacidade de permeabilidade, portanto a água não consegue penetrar nela. A água que se encontra entre a superfície e a camada impermeável denomina-se água subterrânea e a que se encontra debaixo da camada impermeável, denomina-se aquífero.

A água subterrânea situa-se sobre a camada impermeável e aqui filtram-se as precipitações e as águas da superfície. Situa-se entre dois e cinco metros abaixo da superfície.
O nível das águas subterrâneas depende do tempo atmosférico e afeta diretamente a agricultura.
No caso de precipitações abundantes, o nível das águas subterrâneas sobe tanto que alcança a superfície em zonas submersas. A este fenômeno, chama-se águas de infiltração.
No caso de escassas precipitações, o nível das águas subterrâneas baixa. Os materiais prejudiciais penetram nas águas subterrâneas facilmente, tornando-as inaptas para consumo humano. O fluxo das águas subterrâneas pode levar os contaminantes a grandes distâncias, por isso a sua proteção é importante.

Os aquíferos encontram-se abaixo da camada impermeável ou entre duas camadas impermeáveis. Grande parte das águas subterrâneas são aquíferos. São difíceis de contaminar e a sua reposição é muito lenta. São usados como fontes de água potável.

Nas bacias, é típico que duas camadas impermeáveis pressionem entre si a água subterrânea. A este fenômeno chama-se água artesiana. Quando um poço artesiano é criado, penetra-se na camada impermeável superior e a água sobe por causa da pressão.

Em áreas Cársticas, a água cárstica cria-se mediante a água filtrada pelos orifícios formados nas rochas.

Os aquíferos costeiros encontram-se junto às águas superficiais. A camada de areia e gravilha filtra a água dos rios.

Água subterrânea

  • água subterrânea - Água que se acumula por cima da camada impermeável situada mais acima.
  • poço de água subterrânea
  • 20 m
  • rio - Curso de água natural que flui numa corrente inclinada.
  • água filtrada nas margens - Água que se encontra junto a águas superficiais. A camada de areia e gravilha filtra a água dos rios.

Águas subterrâneas são as águas que se encontram debaixo da superfície e têm uma relação direta com o solo. Grande parte da nossa provisão de água encontra-se debaixo da superfície. Estas águas servem como fontes de água potável ou para irrigação na agricultura.

A camada impermeável de minerais é uma camada de baixa capacidade de permeabilidade, portanto a água não consegue penetrar nela. A água que se encontra entre a superfície e a camada impermeável denomina-se água subterrânea e a que se encontra debaixo da camada impermeável, denomina-se aquífero.

A água subterrânea situa-se sobre a camada impermeável e aqui filtram-se as precipitações e as águas da superfície. Situa-se entre dois e cinco metros abaixo da superfície.
O nível das águas subterrâneas depende do tempo atmosférico e afeta diretamente a agricultura.
No caso de precipitações abundantes, o nível das águas subterrâneas sobe tanto que alcança a superfície em zonas submersas. A este fenômeno, chama-se águas de infiltração.
No caso de escassas precipitações, o nível das águas subterrâneas baixa. Os materiais prejudiciais penetram nas águas subterrâneas facilmente, tornando-as inaptas para consumo humano. O fluxo das águas subterrâneas pode levar os contaminantes a grandes distâncias, por isso a sua proteção é importante.

Os aquíferos encontram-se abaixo da camada impermeável ou entre duas camadas impermeáveis. Grande parte das águas subterrâneas são aquíferos. São difíceis de contaminar e a sua reposição é muito lenta. São usados como fontes de água potável.

Nas bacias, é típico que duas camadas impermeáveis pressionem entre si a água subterrânea. A este fenômeno chama-se água artesiana. Quando um poço artesiano é criado, penetra-se na camada impermeável superior e a água sobe por causa da pressão.

Em áreas Cársticas, a água cárstica cria-se mediante a água filtrada pelos orifícios formados nas rochas.

Os aquíferos costeiros encontram-se junto às águas superficiais. A camada de areia e gravilha filtra a água dos rios.

Animação

Águas subterrâneas são as águas que se encontram debaixo da superfície e têm uma relação direta com o solo. Grande parte da nossa provisão de água encontra-se debaixo da superfície. Estas águas servem como fontes de água potável ou para irrigação na agricultura.

A camada impermeável de minerais é uma camada de baixa capacidade de permeabilidade, portanto a água não consegue penetrar nela. A água que se encontra entre a superfície e a camada impermeável denomina-se água subterrânea e a que se encontra debaixo da camada impermeável, denomina-se aquífero.

A água subterrânea situa-se sobre a camada impermeável e aqui filtram-se as precipitações e as águas da superfície. Situa-se entre dois e cinco metros abaixo da superfície.
O nível das águas subterrâneas depende do tempo atmosférico e afeta diretamente a agricultura.
No caso de precipitações abundantes, o nível das águas subterrâneas sobe tanto que alcança a superfície em zonas submersas. A este fenômeno, chama-se águas de infiltração.
No caso de escassas precipitações, o nível das águas subterrâneas baixa. Os materiais prejudiciais penetram nas águas subterrâneas facilmente, tornando-as inaptas para consumo humano. O fluxo das águas subterrâneas pode levar os contaminantes a grandes distâncias, por isso a sua proteção é importante.

Os aquíferos encontram-se abaixo da camada impermeável ou entre duas camadas impermeáveis. Grande parte das águas subterrâneas são aquíferos. São difíceis de contaminar e a sua reposição é muito lenta. São usados como fontes de água potável.

Nas bacias, é típico que duas camadas impermeáveis pressionem entre si a água subterrânea. A este fenômeno chama-se água artesiana. Quando um poço artesiano é criado, penetra-se na camada impermeável superior e a água sobe por causa da pressão.

Em áreas Cársticas, a água cárstica cria-se mediante a água filtrada pelos orifícios formados nas rochas.

Os aquíferos costeiros encontram-se junto às águas superficiais. A camada de areia e gravilha filtra a água dos rios.

Águas subterrâneas

  • aquífero - Água que se acumula nos orifícios formados nas rochas.
  • água subterrânea - Água que se acumula por cima da camada impermeável superior.
  • camada impermeável - Uma camada de minerais com uma baixa capacidade de permeabilidade.
  • águas artesianas - Uma camada subterrânea de água que se encontra entre camadas impermeáveis.
  • rio - Curso de água natural que flui numa corrente inclinada.
  • nascente - Lugar onde a água subterrânea chega à superfície.
  • 150 m
  • águas freáticas - No caso de precipitações abundantes, o nível das águas subterrâneas sobe tanto que alcança a superfície em zonas submersas.

Águas subterrâneas são as águas que se encontram debaixo da superfície e têm uma relação direta com o solo. Grande parte da nossa provisão de água encontra-se debaixo da superfície. Estas águas servem como fontes de água potável ou para irrigação na agricultura.

A camada impermeável de minerais é uma camada de baixa capacidade de permeabilidade, portanto a água não consegue penetrar nela. A água que se encontra entre a superfície e a camada impermeável denomina-se água subterrânea e a que se encontra debaixo da camada impermeável, denomina-se aquífero.

A água subterrânea situa-se sobre a camada impermeável e aqui filtram-se as precipitações e as águas da superfície. Situa-se entre dois e cinco metros abaixo da superfície.
O nível das águas subterrâneas depende do tempo atmosférico e afeta diretamente a agricultura.
No caso de precipitações abundantes, o nível das águas subterrâneas sobe tanto que alcança a superfície em zonas submersas. A este fenômeno, chama-se águas de infiltração.
No caso de escassas precipitações, o nível das águas subterrâneas baixa. Os materiais prejudiciais penetram nas águas subterrâneas facilmente, tornando-as inaptas para consumo humano. O fluxo das águas subterrâneas pode levar os contaminantes a grandes distâncias, por isso a sua proteção é importante.

Os aquíferos encontram-se abaixo da camada impermeável ou entre duas camadas impermeáveis. Grande parte das águas subterrâneas são aquíferos. São difíceis de contaminar e a sua reposição é muito lenta. São usados como fontes de água potável.

Nas bacias, é típico que duas camadas impermeáveis pressionem entre si a água subterrânea. A este fenômeno chama-se água artesiana. Quando um poço artesiano é criado, penetra-se na camada impermeável superior e a água sobe por causa da pressão.

Em áreas Cársticas, a água cárstica cria-se mediante a água filtrada pelos orifícios formados nas rochas.

Os aquíferos costeiros encontram-se junto às águas superficiais. A camada de areia e gravilha filtra a água dos rios.

Narração

Águas subterrâneas são as águas que se encontram debaixo da superfície e têm uma relação direta com o solo. Grande parte da nossa provisão de água encontra-se debaixo da superfície. Estas águas servem como fontes de água potável ou para irrigação na agricultura.

A camada impermeável de minerais é uma camada de baixa capacidade de permeabilidade, portanto a água não consegue penetrar nela. A água que se encontra entre a superfície e a camada impermeável denomina-se água subterrânea e a que se encontra debaixo da camada impermeável, denomina-se aquífero.

A água subterrânea situa-se sobre a camada impermeável e aqui filtram-se as precipitações e as águas da superfície. Situa-se entre dois e cinco metros abaixo da superfície.
O nível das águas subterrâneas depende do tempo atmosférico e afeta diretamente a agricultura.
No caso de precipitações abundantes, o nível das águas subterrâneas sobe tanto que alcança a superfície em zonas submersas. A este fenômeno, chama-se águas de infiltração.
No caso de escassas precipitações, o nível das águas subterrâneas baixa. Os materiais prejudiciais penetram nas águas subterrâneas facilmente, tornando-as inaptas para consumo humano. O fluxo das águas subterrâneas pode levar os contaminantes a grandes distâncias, por isso a sua proteção é importante.

Os aquíferos encontram-se abaixo da camada impermeável ou entre duas camadas impermeáveis. Grande parte das águas subterrâneas são aquíferos. São difíceis de contaminar e a sua reposição é muito lenta. São usados como fontes de água potável.

Nas bacias, é típico que duas camadas impermeáveis pressionem entre si a água subterrânea. A este fenômeno chama-se água artesiana. Quando um poço artesiano é criado, penetra-se na camada impermeável superior e a água sobe por causa da pressão.

Em áreas Cársticas, a água cárstica cria-se mediante a água filtrada pelos orifícios formados nas rochas.

Os aquíferos costeiros encontram-se junto às águas superficiais. A camada de areia e gravilha filtra a água dos rios.

Itens relacionados

The River System of the Amazon

A video on the Amazon river and its drainage basin.

Relâmpago

Um relâmpago é uma descarga eletrostática repentina acompanhada por um estrondo conhecido...

Ciclone e anticiclone de latitude média

Os ciclones são grandes turbilhões de ar, no interior dos quais se formam nuvens e...

A savana africana

A maior savana contígua do mundo é na África. Cobre cerca de um terço do continente.

Queda de água

As quedas de água formam-se quando a água corrente cai verticalmente por cima de uma...

Vento na praia

O vento da praia é formado devido ao aquecimento diferente da terra e do mar.

Fontes hidrotermais do mar profundo

Uma fonte hidrotermal é uma fissura na planície oceânica a partir da qual erupciona água...

Rocha sedimentar

Você sabia que cerca de 75% da massa terrestre do nosso planeta está coberta por rochas...

Added to your cart.