O teu carrinho de compras está vazio

Loja

Quantidade: 0

Total: 0,00

0

Sondas espaciais Voyager

Sondas espaciais Voyager

As sondas espaciais Voyager foram os primeiros objectos feitos pelo homem a deixar o Sistema Solar. Recolhem dados sobre o espaço e levam informações sobre a humanidade.

Geografia

Palavras-chave

Voyager, sonda espacial, Sistema Solar, investigação espacial, astronomia, disco de ouro, espaço, planeta, estrela, Terra, Júpiter, Saturno, Urano, Neptuno, geografia

Extras relacionados

Cenas

O caminho das sondas espaciais

Nas fronteiras do Sistema Solar

  • espaço interestelar
  • raios cósmicos
  • choque em arco
  • região de transição
  • Voyager 1
  • Sol
  • Voyager 2
  • heliopausa
  • heliosfera
  • onda de choque interno

Sonda espacial Voyager

  • câmera de ângulo estreito
  • detector de ondas de plasma
  • subsistema de raios cósmicos
  • antena direcional
  • espectrómetro infravermelho
  • fotopolarómetro
  • detector de partículas carregadas
  • painel de calibração óptica
  • antena de rádio
  • GTR - gerador termelétrico de radioisótopos
  • magnetómetro
  • Disco de Ouro

Disco de Ouro

  • Desenho do disco visto de cima com um código binário que define a velocidade de reprodução
  • Desenho do equipamento de reprodução do disco
  • Vista lateral do disco
  • Diagrama que define a localização do Sol em relação a 14 pulsares conhecidos. O código binário define a frequência dos impulsos
  • Diagrama explicativo para a reprodução do conteúdo audiovisual do disco
  • Código binário que define a velocidade de reprodução
  • Diagrama que mostra a direção de descodificação e a primeira imagem a aparecer se devidamente descodificado
  • O registoo contém 115 imagens codificadas de forma analógica, 35 tipos de sons naturais ou artificiais, trechos de 27 composições musicais e saudações em 55 idiomas

Animação

  • Terra
  • Júpiter
  • Saturno
  • Urano
  • Neptuno
  • Voyager 1
  • Voyager 2
  • espaço interestelar
  • raios cósmicos
  • choque em arco
  • região de transição
  • Voyager 1
  • Sol
  • Voyager 2
  • heliopausa
  • heliosfera
  • onda de choque interno
  • câmera de ângulo estreito
  • detector de ondas de plasma
  • subsistema de raios cósmicos
  • antena direcional
  • espectrómetro infravermelho
  • fotopolarómetro
  • detector de partículas carregadas
  • painel de calibração óptica
  • antena de rádio
  • GTR - gerador termelétrico de radioisótopos
  • magnetómetro
  • Disco de Ouro
  • Desenho do disco visto de cima com um código binário que define a velocidade de reprodução
  • Desenho do equipamento de reprodução do disco
  • Vista lateral do disco
  • Diagrama que define a localização do Sol em relação a 14 pulsares conhecidos. O código binário define a frequência dos impulsos
  • Diagrama explicativo para a reprodução do conteúdo audiovisual do disco
  • Código binário que define a velocidade de reprodução
  • Diagrama que mostra a direção de descodificação e a primeira imagem a aparecer se devidamente descodificado
  • O registoo contém 115 imagens codificadas de forma analógica, 35 tipos de sons naturais ou artificiais, trechos de 27 composições musicais e saudações em 55 idiomas

Narração

O programa Voyager foi lançado com o objetivo de explorar Júpiter e Saturno, e de reunir dados importantes acerca das respetivas formas, massas, campos magnéticos, estruturas, composição e dinâmica das suas atmosferas, bem como acerca da superfície e geologia das suas luas.
Em 1977, no âmbito deste programa, a Nasa enviou para o espaço duas sondas espaciais, a Voyager 1 e a Voyager 2.

A Voyager 1 foi lançada no dia 5 de Setembro de 1977, tendo tirado fotografias das luas de Júpiter e Saturno e descoberto o anel de Júpiter. A Voyager 1 é o objeto de fabrico humano que mais distante está da Terra. Em 2012, alcançou o espaço interestelar, onde agora se encontra a analisar a densidade do plasma.

A Voyager 2 foi lançada no dia 16 de Agosto de 1977, 16 dias antes da Voyager 1. Após examinar Júpiter e Saturno, visitou também Urano e Neptuno. É uma das mais bem-sucedidas sondas espaciais, já que descobriu inúmeras luas e tirou vários milhares de fotografias.
Esta sonda da Nasa é um dos objetos de fabrico humano que mais longe está da Terra, encontrando-se atualmente a examinar os limites da heliosfera.

As sondas espaciais Voyager transmitem mensagens da Terra, sob a forma de som e imagem, num fonógrafo de bronze folheado a ouro chamado Disco de Ouro. O disco contém saudações em muitas línguas, bem como excertos de música folclórica e tribal e de música clássica da autoria de Mozart, Bach e Beethoven.

Extras relacionados

A missão New Horizons

A sonda espacial New Horizons foi lançada em 2006, com o objetivo de estudar Plutão e a Cintura de Kuiper.

Missão Dawn

O estudo de Ceres e Vesta ajudar-nos-á a saber mais acerca da história do Sistema Solar e de como se formaram os planetas rochosos.

O ciclo de vida do Sistema Solar

O Sol e os planetas formaram-se há 4.500 milhões de anos, após o colapso gravitacional de uma nuvem de poeira.

Planetas, dimensões

Os planetas interiores do sistema solar são planetas terrestres, enquanto os exteriores são gigantes gasosos.

Via Láctea

O diâmetro da nossa galáxia é de cerca de 100 mil anos-luz, contendo mais de 100 bilhões de estrelas, uma das quais é o nosso Sol.

Exploração de Marte

Sondas espaciais e veículos exploradores investigam a estrutura de Marte e procuram vestígios da existência de vida.

Factos Astronómicos Interessantes

Esta animação apresenta vários factos interessantes na área da astronomia.

Tipos de satélite

Os satélites que orbitam a Terra podem ser usados para fins civis ou militares.

A Missão Cassini-Huygens (1997-2017)

A sonda espacial Cassini explorou Saturno e as suas luas por cerca de 20 anos.

A nossa vizinhança astronómica

Uma apresentação de planetas, estrelas e galáxias próximos.

EEI

A Estação Espacial Internacional é um satélite habitável, construído com a cooperação de 16 países.

Leis de Kepler do movimento planetário

As três importantes leis que descrevem o movimento planetário foram formuladas por Johannes Kepler.

Sistema solar, órbitas planetárias

As órbitas dos oito planetas do nosso sistema solar são elípticas.

Sputnik 1 (1957)

O satélite de fabrico soviético foi a primeira nave espacial a ser lançada para o espaço (em Outubro de 1957).

Telescópio espacial Hubble

O telescópio espacial Hubble orbita fora da influência da atmosfera terrestre.

Telescópio espacial Kepler

O telescópio espacial Kepler foi lançado pela NASA para procurar planetas semelhantes à Terra a orbitar outras estrelas.

Telescópios

Esta animação mostra os telescópios ópticos e os radiotelescópios utilizados na observação astronómica.

Tipos de estrelas

Esta animação mostra o processo de desenvolvimento das estrelas médias e gigantes.

Vaivém espacial

O vaivém espacial foi um veículo parcialmente reutilizável, usado pela NASA como veículo de lançamento e nave para missões tripuladas.

Alunissagem: 20 de julho de 1969

Neil Armstrong, um dos tripulantes da Apollo 11, foi o primeiro homem a pisar a superfície da Lua.

Instrumentos óticos

Hoje em dia são utilizados diversos instrumentos óticos​​, desde os microscópios até os telescópios.

Missão Apollo 15 (veículo lunar)

A animação mostra o veículo lunar de dois lugares utilizado na Missão Apollo 15.

Navegação por satélite, GPS

O sistema de posicionamento global (GPS em Inglês) é composto por 24 satélites, mas são apenas necessários 4 para o posicionamento.

Observatório

Os observatórios são frequentemente construídos em pontos elevados para minimizar os efeitos da turbulência atmosférica.

Viagem de Yuri Gagarin ao espaço (1961)

Yuri Gagarin tornou-se o primeiro ser humano a viajar no espaço, em 12 de abril de 1961.

O desenvolvimento da mecânica celeste

Esta animação apresenta os estudos de astrónomos e físicos, cujas obras alteraram fundamentalmente a nossa visão do Universo.

Reator nuclear de fusão

A fusão nuclear servirá como fonte de energia amiga do ambiente e praticamente inesgotável.

Added to your cart.