O teu carrinho de compras está vazio

Loja

Quantidade: 0

Total: 0,00

0

Oásis

Oásis

Os oásis são zonas em desertos onde existe água.

Geografia

Palavras-chave

oásis, deserto, Saara, aquífero, poço artesanal, agricultura, agricultura irrigada, povoação, ebulição, geografia

Extras relacionados

Cenas

Oásis

  • canal
  • campo de cereais
  • plantação de tâmaras
  • aldeias com construções de tijolos de argila
  • plantação de uva
  • cano de água
  • plantação de bananas

Os oásis são zonas em desertos ou semidesertos onde uma fonte, uma corrente permanente de água que flui a partir das montanhas, ou água subterrânea acumulada nas bacias hidrográficas fornecem a água necessária À vegetação. Tal permite que populações se possam estabelecer no local e lavrar a terra. A flora e a fauna dos oásis é mais rica e mais diversa do que a flora e fauna do deserto.

Três tipos de oásis, consoante a localização:

Oásis à beira-rio: Formados ao longo de rios que atravessam o deserto. A água é tirada do rio para a terra através de poços e rodas d'água.

Oásis à beira de lagos: Formados em áreas onde a erosão eólica cria depressões que alcançam o nível do lençol freático. A água inunda a superfície e cria um lago na bacia. A água é tirada do lago para a terra através de poços e rodas d'água.

Oásis em torno de fontes de água – aquífero natural: Formados em áreas onde um aquífero alcança a superfície naturalmente, geralmente na base das montanhas. A água é conduzida para as terras através de canais.

Oásis em torno de fontes de água – aquíferos artesanais: Podem ser formados em qualquer local com água subterrânea ou ou aquífero a uma profundidade alcançável; a água é retirada com poços perfurados.

Oásis em torno de fontes de água – oásis foggara: Formados em áreas onde a água subterrânea é conduzida às povoações e campos irrigados por um sistema de canais subterrâneo, frequentemente À distância de vários quilómetros.

A agricultura de oásis é um tipo de agricultura irrigada, com produção para fins de subsistência, ou para mercado. Baseia-se no uso intensivo da terra, sendo a sua extensão territorial limitada pelo meio de irrigação. Requer muita mão-de-obra, que está abundantemente disponível, e o cultivo de plantas em terraços é dificilmente conseguido com o uso de máquinas.

Povoação

  • poço artesanal
  • lago
  • canal

Plantação de tâmaras

  • chuva
  • águas subterrâneas
  • poço artesanal
  • oásis
  • aquitardo

Plantação de bananeiras

  • chuva
  • águas subterrâneas
  • poço artesanal
  • oásis
  • aquitardo

Campo de cereais

  • chuva
  • águas subterrâneas
  • poço artesanal
  • oásis
  • aquitardo

Plantação de uva

  • chuva
  • águas subterrâneas
  • poço artesanal
  • oásis
  • aquitardo

Níveis do oásis

  • nível de cereais e vegetais
  • nível de uvas
  • nível de bananeiras e árvores de fruto
  • nível de tamareiras

Vista de corte de um oásis

  • chuva
  • águas subterrâneas
  • poço artesanal
  • oásis
  • aquitardo

Animação

  • canal
  • campo de cereais
  • plantação de tâmaras
  • aldeias com construções de tijolos de argila
  • plantação de uva
  • cano de água
  • plantação de bananas
  • nível de cereais e vegetais
  • nível de uvas
  • nível de bananeiras e árvores de fruto
  • nível de tamareiras
  • chuva
  • águas subterrâneas
  • poço artesanal
  • oásis
  • aquitardo

Narração

Os oásis são zonas em desertos ou semidesertos onde existe uma fonte de água. Devido à presença de água, os oásis são diferentes do ambiente geo-ecológico que os rodeia. Em resultado disso, foi possível o estabelecimento humano, tendo-se desenvolvido diversas relações entre plantas e animais.

A água é fornecida por uma fonte, por uma corrente permanente que flui de montanhas circundantes ou por lençóis subterrâneos recolhidos em diques. A água das chuvas é acumulada entre as camadas impermeáveis das rochas, formando aquíferos. É bastante comum que a fonte original da água fique longe do oásis. Ao perfurar a camada impermeável superior, são criados poços artesanais, os quais abastecem os habitantes com a quantidade de água necessária.

Os oásis têm estruturas específicas. No centro do oásis está a fonte da água que garante a vida, à volta do centro existem moradias e currais de animais, e as partes exteriores dos oásis são ocupadas por terrenos de cultivo. A água é levada através de canais a áreas mais remotas, o que muito facilita a irrigação.
Os oásis estão normalmente rodeados de muralhas, cuja principal função é evitar que a areia soprada pelo vento se acumule.

A agricultura nos oásis é uma forma especial de agricultura de irrigação, sendo bastante intensiva devido ao escasso espaço existente. Constituída por plantas específicas do clima, a flora é bastante estratificada. O nível inferior de vegetação é composto por cereais e vegetais, o intermédio por vinha, bananeiras e árvores de fruto, e o superior por tamareiras.

Apesar de haver oásis em diversas partes do mundo, a área mais representativa é tradicionalmente o deserto do Sara. Ainda que nas imagens de satélite a cor predominante seja o amarelo, destacam-se os pontos verdes dos oásis.

Extras relacionados

Acampamento beduíno

O estilo de vida seminómada dos beduínos adaptou-se às condições climáticas e ambientais do deserto.

Agricultura de precisão

Esta animação mostra a utilização da tecnologia moderna na agricultura.

Aldeia de uma rua com parcelas de terreno

As aldeias edificadas em vales consitiam normalmente de habitações construídas em longas e estreitas parcelas de terreno.

Aldeias

As aldeias foram as primeiras povoações humanas.

Aterragem de emergência no Sara (O Principezinho)

A aterragem de emergência do piloto está presente na história mais famosa de Antoine de Saint-Exupéry, ´O Principezinho´.

Chefe da tribo Zulu

As tribos africanas têm as suas próprias culturas.

Dromedário

Também conhecido por camelo árabe, o dromedário é uma animal bastante valioso e indispensável para os habitantes do deserto.

Elefante africano

O maior mamífero terrestre.

Escorpião de cauda grossa

O androctonus australis é um dos escorpiões mais perigosos do mundo.

Formas de relevo eólicas nos desertos

O vento, como força externa, desempenha um papel importante na formação do relevo dos desertos.

Pirâmides de Gizé (3º milénio a.C.)

A Necrópole de Gizé é a única das maravilhas antigas ainda intacta.

Símbolos e atracções do mundo

Um jogo acerca dos símbolos e atracções um pouco por todo o mundo.

Tipos de quintas e aldeias

A estrutura e densidade de quintas e aldeias depende das características geográficas da região.

Agricultura no Vale do Nilo no Antigo Egíto

O Antigo Egito era chamado "a jóia do Nilo", pois o rio teve um importante papel no aparecimento da civilização egípcia.

Aldeia africana (Sudão)

As aldeias africanas estão bem adaptadas ao seu ambiente natural e refletem a cultura das tribos locais.

Bomba de água árabe medieval (Al-Jazari, século XIII)

A engenhosa bomba de água concebida por Al-Jazari é um grande exemplo da criatividade dos engenheiros árabes medievais.

Estilo de vida tradicional dos Esquimós

Os iglus eram moradias típicas construídas pelos Esquimós na região do Ártico.

Instrumentos meteorológicos (básico)

Esta animação mostra os instrumentos utilizados para analisar fenómenos atmosféricos.

Poluição do solo

Esta animação mostra as principais fontes de poluição do solo.

Added to your cart.