O teu carrinho de compras está vazio

Loja

Quantidade: 0

Total: 0,00

0

Glândulas ligadas ao duodeno

Glândulas ligadas ao duodeno

O pâncreas e o fígado libertam sucos gástricos para o duodeno.

Biologia

Palavras-chave

duodeno, bílis, pancreático, fígado, vesícula biliar, pâncreas, digestão, sistema digestivo, trato gastrointestinal, intestino médio, glândula, enzima digestiva, enzima, digestão de proteínas, amílase pancreática, amílase, tripsina, quimotripsina, lipase, humano, anatomia, biologia

Extras relacionados

Cenas

Sistema digestivo

  • faringe - É deste órgão que o esófago e a traqueia partem.
  • esófago - Impulsiona os alimentos na direção do estômago através de movimentos peristálticos. O movimento peristáltico é gerado pelo movimento sincronizado das camadas de músculos lisos, tanto circulares como longitudinais.
  • fígado - Desempenha um papel importante na remoção de toxinas do corpo e no armazenamento de nutrientes. É a maior glândula do corpo humano. Produz bílis, que emulsiona gordura no intestino médio, aumentando a respetiva superfície e, por conseguinte, auxiliando a sua digestão.
  • vesícula biliar - Armazena a bílis segregada pelo fígado e esvazia-a no intestino delgado. A bílis emulsiona gordura no intestino médio, aumentando a respetiva superfície e, por conseguinte, auxiliando a sua digestão.
  • ceco - Aqui não ocorrem quaisquer processos digestivos.
  • apêndice - Extensão residual do ceco e órgão linfóide. A sua inflamação é denominada apendicite; constitui perigo de vida e requer cirurgia.
  • reto - Absorve água e desempenha um papel importante na formação das fezes.
  • cavidade bucal
  • glândulas salivares - Segregam saliva, que humedece os alimentos, facilitando a sua deglutição. Contém também uma enzima digestiva (amilase), que desencadeia a digestão do amido. A sua enzima bactericida é a lisozima.
  • estômago - A sua enzima, a pepsina, digere proteínas. A pepsina é ativada num ambiente ácido (aproximadamente 2 de pH), proporcionado pelo cloreto de hidrogénio que o estômago também segrega. Os movimentos peristálticos da parede do estômago misturam os alimentos e enviam-nos para o intestino delgado.
  • pâncreas - Segrega o suco pancreático, que contém várias enzimas, incluido a amilase (que decompõe o amido), a tripsina e a quimotripsina (que decompõem proteínas) e a lipase (que decompõe gorduras). O pâncreas segrega também hormonas, das quais a mais importante é a insulina, que reduz o nível de glucose no sangue.
  • intestino delgado - As enzimas do seu suco intestinal e o suco pancreático decompõem proteínas, hidratos de carbono e gorduras. A digestão de gorduras é auxiliada pela bílis, segregada no fígado. A sua primeira secção é o duodeno, cujo termo provém do latim duodenum digitorum, uma vez que o seu tamanho corresponde ao de doze dedos atravessados.
  • cólon - É constituído por três partes: cólon ascendente, cólon transverso e cólon descendente. Aqui não ocorre qualquer processo digestivo. Participa na absorção de água e minerais. As bactérias que habitam o cólon produzem vitaminas B e K.
  • ânus - É por aqui que o corpo expele as fezes. Este processo é controlado por dois músculos anelares, denominados esfíncteres anais. O esfíncter anal interno é constituído por músculo liso, enquanto o externo é constituído por músculo estriado.

Glândulas ligadas ao duodeno

  • fígado - Desempenha um papel importante na remoção de toxinas do corpo e no armazenamento de nutrientes. É a maior glândula do corpo humano. Produz bílis, que emulsiona gordura no intestino médio, aumentando a respetiva superfície e, por conseguinte, auxiliando a sua digestão. Problemas na formação ou secreção de bílis põem em causa a digestão de gordura.
  • pâncreas - Segrega o suco pancreático, que contém várias enzimas, incluido a amilase (que decompõe o amido), a tripsina e a quimotripsina (que decompõem proteínas) e a lipase (que decompõe gorduras). O pâncreas segrega também hormonas, das quais a mais importante é a insulina, que reduz o nível de glucose no sangue.
  • ducto pancreático - É um ducto através do qual o suco pancreático é segregado e chega ao duodeno. Antes de entrar no duodeno, junta-se ao ducto biliar comum.
  • ducto colédoco - Transporta a bílis para o duodeno. Antes de entrar no duodeno, junta-se ao ducto pancreático.
  • vesícula biliar - Armazena bílis e esvazia-a no intestino delgado.
  • duodeno - É a primeira secção do intestino delgado. O termo duodeno provém do latim duodenum digitorum, uma vez que o seu tamanho corresponde ao de doze dedos atravessados.

Posição do duodeno e das glândulas

  • fígado - Desempenha um papel importante na remoção de toxinas do corpo e no armazenamento de nutrientes. É a maior glândula do corpo humano. Produz bílis, que emulsiona gordura no intestino médio, aumentando a respetiva superfície e, por conseguinte, auxiliando a sua digestão. Problemas na formação ou secreção de bílis põem em causa a digestão de gordura.
  • pâncreas - Segrega o suco pancreático, que contém várias enzimas, incluindo a amilase (que decompõe o amido), a tripsina e a quimotripsina (que decompõem proteínas) e a lipase (que decompõe gorduras). O pâncreas segrega também hormonas, das quais a mais importante é a insulina, que reduz o nível de glucose no sangue.
  • intestino delgado - As enzimas do seu suco intestinal e o suco pancreático decompõem proteínas, hidratos de carbono e gorduras. A digestão de gorduras é auxiliada pela bílis, segregada no fígado. A sua primeira secção é o duodeno, cujo termo provém do latim duodenum digitorum, uma vez que o seu tamanho corresponde ao de doze dedos atravessados.

Extras relacionados

Anatomia do intestino delgado

É a parte mais longa do sistema digestivo, onde tem lugar a maior parte da digestão e absorção.

Sistema endócrino

As glândulas do sistema endócrino segregam hormonas no sangue.

A anatomia e as funções do fígado

O fígado é um órgão vital que desempenha um papel importante na digestão das gorduras, na desintoxicação e no metabolismo.

Anatomia do cólon

O cólon é a parte do trato digestivo onde são absorvidos água, minerais e vitaminas.

As glândulas adrenais

As glândulas adrenais são responsáveis pela manutenção da homeostase e produção de uma resposta rápida aos estados de estresse.

Dentição humana

Os seres humanos têm 4 tipos de dentes: incisivos, caninos, pré-molares e molares

Eixo hipotálamo-hipófise

O eixo hipotálamo-hipófise é o centro regulador do nosso sistema endócrino.

Enzimas

As enzimas são moléculas de proteínas que catalisam reações bioquímicas cuja atividade pode ser regulada.

Glândula tiroide

Importante glândula endócrina, que produz hormonas que afetam o metabolismo e o equilíbrio de cálcio no corpo.

Tubo digestivo anterior

Ao engolirmos os alimentos, estes viajam da cavidade bucal para o estômago, sendo este a secção final do tubo digestivo anterior.

Apendicite

A inflamação do apêndice verniforme, que se encontra ligado ao ceco, requer intervenção cirúrgica imediata. A animação mostra a causa e as consequências da...

Sabão

As moléculas de ácido gordo são constituídas por uma cabeça polar e uma cauda apolar, o que as torna adequadas à remoção de nódoas de gordura.

Added to your cart.