O teu carrinho de compras está vazio

Loja

Quantidade: 0

Total: 0,00

0

Células animais e vegetais, organelas celulares

Células animais e vegetais, organelas celulares

As células eucarióticas contêm muitas organelas.

Biologia

Palavras-chave

célula, organela celular, organelas celulares, eucariota, membrana celular, parede celular, núcleo, citoplasma, aparelho de Golgi, cloroplasto, endoplasmático, mitocôndria, retículo endoplasmático, citoesqueleto, vacúolo, ADN, tilacoide, parede celular das plantas, vesícula, granum, matriz extracelular, esclerócito, cromatina, histonas, membrana lipídica, membrana nuclear, retículo endoplasmático liso, RER, ribossoma, organismo, citologia, planta, animal, biologia, _javasolt

Extras relacionados

Perguntas

  • Quais dos seguintes grupos NÃO são eucariotas?
  • Que organela é a fonte de energia da célula?
  • Qual das seguintes organelas NÃO está presente nas células animais?
  • Qual das seguintes organelas NÃO está presente nas células animais?
  • Qual das seguintes organelas NÃO está presente nas células animais?
  • Que organela é uma complexa e interligada rede de vesículas membranosas na célula, desempenhando um importante papel na síntese de proteínas?
  • Que organela é responsável por levar a cabo a fotossíntese?
  • Onde tem lugar a digestão de materiais indesejados?
  • Que organela contém cromatina?
  • Onde têm lugar os processo catabólicos?
  • É verdade que a membrana celular é uma membrana de camada única composta por moléculas de amido?
  • É verdade que os cloroplastos estão encerrados numa membrana dupla?
  • É verdade que a superfície do áspero retículo endoplasmático contém ribossomas?
  • É verdade que as células procariotas têm núcleos?
  • É verdade que todas as células animais estão encerradas numa parede celular composta por celulose?
  • É verdade que o vácuolo desempenha um importante papel na manutenção da pressão do turgor dentro na célula da planta?
  • É verdade que o citoesqueleto garante o posicionamento e movimento das organelas no interior da célula?
  • É verdade que as mitocôndrias participam nos processos anabólicos?
  • Que substância forma as paredes celulares das plantas?
  • Que tipo de células formam a dupla camada lipídica da membrana celular?

Cenas

Célula

  • célula animal
  • célula vegetal
  • cloroplasto - É aqui que tem lugar a fotossíntese, ou seja, a produção de açúcar a partir de dióxido de carbono com a ajuda da luz solar.
  • parede celular - É composta por celulose e fornece defesas, mantém a forma celular e dá firmeza aos tecidos vegetais.
  • vacúolo - Trata-se de uma bolha no interior da célula, cheia de seiva nuclear. Desempenha um papel importante na manutenção da pressão hidrostática interna (turgor) dentro da célula, bem como no armazenamento de minerais e remoção de detritos.
  • núcleo - É composto por cromatina, uma combinação de ADN e proteínas. As células de animais, plantas e fungos são eucarióticas, ou seja, têm núcleo. As células procarióticas (bactérias) não têm núcleo e o seu ADN encontra-se no citoplasma.
  • mitocôndria - É a estação de energia da célula: produz ATP mediante a desagregação de moléculas orgânicas. O ATP é a molécula da transferência de energia das células.
  • membrana celular - Membrana lipídica que envolve a célula.
  • citoplasma - Um líquido transparente, lugar de vários processos metabólicos das células.
  • retículo endoplasmático - Rede complexa e interconectada de vesículas membranosas no interior da célula. Desempenha um papel importante na síntese e processamento de proteínas, na síntese de lípidos e na desagregação de certos materiais.
  • Aparelho de Golgi - Desempenha um importante papel no processamento das proteínas.

Célula animal

  • núcleo - É composto por cromatina, uma combinação de ADN e proteínas. As células de animais, plantas e fungos são eucarióticas, ou seja, têm núcleo. As células procarióticas (bactérias) não têm núcleo e o seu ADN encontra-se no citoplasma.
  • mitocôndria - É a estação de energia da célula: produz ATP mediante a desagregação de moléculas orgânicas. O ATP é a molécula da transferência de energia das células.
  • membrana celular - Membrana lipídica que envolve a célula.
  • citoplasma - Um líquido transparente, lugar de vários processos metabólicos das células.
  • retículo endoplasmático - Rede complexa e interconectada de vesículas membranosas no interior da célula. Desempenha um papel importante na síntese e processamento de proteínas, na síntese de lípidos e na desagregação de certos materiais.
  • Aparelho de Golgi - Desempenha um importante papel no processamento das proteínas.
  • vesícula - Os materiais dentro das células são transportados dentro de bolhas membranosas. Um dos tipos de vesículas são os lisossomas, nos quais certos materiais são digeridos e os detritos eliminados.
  • citoesqueleto - Desempenha papéis importantes no posicionamento e movimento de vesículas e organelas, fornecendo forma e estrutura a células animais, as quais não têm paredes celulares.

Célula vegetal

  • cloroplasto - É aqui que tem lugar a fotossíntese, ou seja, a produção de açúcar a partir de dióxido de carbono com a ajuda da luz solar.
  • parede celular - É composta por celulose e fornece defesas, mantém a forma celular e dá firmeza aos tecidos vegetais.
  • vacúolo - Trata-se de uma bolha no interior da célula, cheia de seiva nuclear. Desempenha um papel importante na manutenção da pressão hidrostática interna (turgor) dentro da célula, bem como no armazenamento de minerais e remoção de detritos.
  • núcleo - É composto por cromatina, uma combinação de ADN e proteínas. As células de animais, plantas e fungos são eucarióticas, ou seja, têm núcleo. As células procarióticas (bactérias) não têm núcleo e o seu ADN encontra-se no citoplasma.
  • mitocôndria - É a estação de energia da célula: produz ATP mediante a desagregação de moléculas orgânicas. O ATP é a molécula da transferência de energia das células.
  • membrana celular - Membrana lipídica que envolve a célula.
  • citoplasma - Um líquido transparente, lugar de vários processos metabólicos das células.
  • retículo endoplasmático - Rede complexa e interconectada de vesículas membranosas no interior da célula. Desempenha um papel importante na síntese e processamento de proteínas, na síntese de lípidos e na desagregação de certos materiais.
  • Aparelho de Golgi - Desempenha um importante papel no processamento das proteínas.
  • vesícula - Os materiais dentro das células são transportados dentro de bolhas membranosas. Um dos tipos de vesículas são os lisossomas, nos quais certos materiais são digeridos e os detritos eliminados.
  • citoesqueleto - Desempenha papéis importantes no posicionamento e movimento de vesículas e organelas, fornecendo forma e estrutura a células animais, as quais não têm paredes celulares.

Membrana celular

  • molécula fosfatídea - Molécula lipídica, cuja cabeça é composta por um glicerol e um ácido fosfórico, e a cauda por duas gordas cadeias de ácidos. A cabeça é polar e a cauda apolar, pelo que a molécula fosfotídea (ou fosfolípido) é anfipática e tende a formar camadas duplas. As moléculas fosfotídeas podem mover-se livremente dentro de uma camada, embora raramente a abandonem, pelo que a membrana lipídica é um líquido bidimensional.
  • membrana proteica - Certas proteínas formam canais através da membrana, enquanto outras podem desempenhar papéis importantes na transmissão de sinais químicos entre os dois lados da membrana.

Núcleo

  • nucléolo
  • cromatina - É composta por proteínas com ADN enrolado nelas. O ADN determina as propriedades genéticas da célula e o organismo que estas constroem.
  • membrana nuclear - Membrana dupla, cuja camada externa é a continuação do retículo endoplasmático.
  • poro - Proteínas membranosas com poros, através das quais são transportados materiais entre o citoplasma e o núcleo.

Membrana nuclear

  • proteínas porosas - Proteínas porosas, através das quais são transportados materiais entre o citoplasma e o núcleo.
  • membrana lipídica externa - É a continuação do retículo endoplasmático.
  • membrana lipídica interna

Retículo endoplasmático

  • retículo endoplasmático rugoso - Contém ribossomas, que sintetizam moléculas proteicas.
  • retículo endoplasmático liso - Desempenha um importante papel na síntese de lípidos e na desintoxicação. É aqui que são desintegrados certos materiais prejudiciais.
  • ribossoma - Sintetiza moléculas proteicas na ordem especificada pelo ADN, a qual é copiada no núcleo para as moléculas mensageiras de ARN (mARN). Ligados à membrana, os ribossomas estão localizados na membrana do retículo endoplasmático rugoso e produzem proteínas para serem utilizadas fora da célula ou para serem incorporadas na membrana celular. Os ribossomas livres podem mover-se livremente no citoplasma, produzindo proteínas para serem utilizadas no interior da célula.
  • membrana nuclear - Membrana dupla, cuja camada externa é a continuação do retículo endoplasmático.

Aparelho de Golgi

  • face cis - A parte do aparelho de Golgi que está mais próxima do núcleo.
  • face trans - A parte do aparelho de Golgi que está mais distante do núcleo. Ao passar pelo aparelho de Golgi, as proteínas são processadas e embaladas. Desempenha igualmente um importante papel em determinar o destino final das proteínas. As proteínas são transportadas da face cis para a face trans pelas vesículas.

Plasto

  • membrana externa
  • membrana interna
  • granum - Um granum é uma estrutura membranosa, uma pilha de discos de tilacoides.
  • tilacoide - São formados pela invaginação (dobramento) da membrana interna. Contém complexos proteicos que desempenham uma papel importante na fotossíntese.

Mitocôndria

  • membrana externa
  • membrana interna - Contém moléculas que desempenham um papel importante nos processos catabólicos e na produção de ATP.

Cromatina

  • esqueleto proteico
  • histonas
  • ADN - É o material genético das células, determinando as propriedades genéticas da célula e o organismo construídos por estas.

Animação

  • célula animal
  • célula vegetal
  • cloroplasto - É aqui que tem lugar a fotossíntese, ou seja, a produção de açúcar a partir de dióxido de carbono com a ajuda da luz solar.
  • parede celular - É composta por celulose e fornece defesas, mantém a forma celular e dá firmeza aos tecidos vegetais.
  • vacúolo - Trata-se de uma bolha no interior da célula, cheia de seiva nuclear. Desempenha um papel importante na manutenção da pressão hidrostática interna (turgor) dentro da célula, bem como no armazenamento de minerais e remoção de detritos.
  • núcleo - É composto por cromatina, uma combinação de ADN e proteínas. As células de animais, plantas e fungos são eucarióticas, ou seja, têm núcleo. As células procarióticas (bactérias) não têm núcleo e o seu ADN encontra-se no citoplasma.
  • mitocôndria - É a estação de energia da célula: produz ATP mediante a desagregação de moléculas orgânicas. O ATP é a molécula da transferência de energia das células.
  • membrana celular - Membrana lipídica que envolve a célula.
  • citoplasma - Um líquido transparente, lugar de vários processos metabólicos das células.
  • retículo endoplasmático - Rede complexa e interconectada de vesículas membranosas no interior da célula. Desempenha um papel importante na síntese e processamento de proteínas, na síntese de lípidos e na desagregação de certos materiais.
  • Aparelho de Golgi - Desempenha um importante papel no processamento das proteínas.
  • nucléolo
  • cromatina - É composta por proteínas com ADN enrolado nelas. O ADN determina as propriedades genéticas da célula e o organismo que estas constroem.
  • membrana nuclear - Membrana dupla, cuja camada externa é a continuação do retículo endoplasmático.
  • poro - Proteínas membranosas com poros, através das quais são transportados materiais entre o citoplasma e o núcleo.
  • esqueleto proteico
  • histonas
  • ADN - É o material genético das células, determinando as propriedades genéticas da célula e o organismo construídos por estas.
  • proteínas porosas - Proteínas porosas, através das quais são transportados materiais entre o citoplasma e o núcleo.
  • membrana lipídica externa - É a continuação do retículo endoplasmático.
  • membrana lipídica interna
  • retículo endoplasmático rugoso - Contém ribossomas, que sintetizam moléculas proteicas.
  • retículo endoplasmático liso - Desempenha um importante papel na síntese de lípidos e na desintoxicação. É aqui que são desintegrados certos materiais prejudiciais.
  • ribossoma - Sintetiza moléculas proteicas na ordem especificada pelo ADN, a qual é copiada no núcleo para as moléculas mensageiras de ARN (mARN). Ligados à membrana, os ribossomas estão localizados na membrana do retículo endoplasmático rugoso e produzem proteínas para serem utilizadas fora da célula ou para serem incorporadas na membrana celular. Os ribossomas livres podem mover-se livremente no citoplasma, produzindo proteínas para serem utilizadas no interior da célula.
  • membrana nuclear - Membrana dupla, cuja camada externa é a continuação do retículo endoplasmático.
  • face cis - A parte do aparelho de Golgi que está mais próxima do núcleo.
  • face trans - A parte do aparelho de Golgi que está mais distante do núcleo. Ao passar pelo aparelho de Golgi, as proteínas são processadas e embaladas. Desempenha igualmente um importante papel em determinar o destino final das proteínas. As proteínas são transportadas da face cis para a face trans pelas vesículas.
  • molécula fosfatídea - Molécula lipídica, cuja cabeça é composta por um glicerol e um ácido fosfórico, e a cauda por duas gordas cadeias de ácidos. A cabeça é polar e a cauda apolar, pelo que a molécula fosfotídea (ou fosfolípido) é anfipática e tende a formar camadas duplas. As moléculas fosfotídeas podem mover-se livremente dentro de uma camada, embora raramente a abandonem, pelo que a membrana lipídica é um líquido bidimensional.
  • membrana proteica - Certas proteínas formam canais através da membrana, enquanto outras podem desempenhar papéis importantes na transmissão de sinais químicos entre os dois lados da membrana.
  • membrana externa
  • membrana interna
  • granum - Um granum é uma estrutura membranosa, uma pilha de discos de tilacoides.
  • tilacoide - São formados pela invaginação (dobramento) da membrana interna. Contém complexos proteicos que desempenham uma papel importante na fotossíntese.
  • membrana externa
  • membrana interna - Contém moléculas que desempenham um papel importante nos processos catabólicos e na produção de ATP.

Narração

Os dois importantes tipos de células eucarióticas são as células animais e as células vegetais. As plantas vasculares são constituídas a partir de órgãos tais como as folhas. Os órgãos são compostos por tecidos e estes, por sua vez, são compostos por células de estrutura e funções semelhantes. Esta animação mostra uma célula mesófila. Estas células podem normalmente ser encontradas em folhas e realizam intensivamente a fotossíntese.

Os eumetazoas são animais constituídos por tecidos e órgãos, o que inclui também os seres humanos. Esta animação mostra a célula de um fígado humano.

Células vegetais e animais típicas têm muitos traços em comum, mas também muitas características diferentes. Ambos os tipos de células têm núcleo, aparelho de Golgi e retículo endoplasmático, ou seja, uma complexa rede de vesículas membranosas. Contêm citoesqueleto e citoplasma, envolvido pela membrana celular. A membrana celular de uma célula vegetal está envolvida numa parede celular, feita de celulose. De um modo geral, as células vegetais contêm um vacúolo (uma bolha dentro da célula, cheia de seiva nuclear) e cloroplastos que levam a cabo a fotossíntese.

O núcleo está envolvido pela membrana nuclear, a qual contém o nucléolo, onde são produzidos os ribossomas.

O conteúdo do núcleo é maioritariamente composto de cromatina, a qual consiste de ADN ligado a histonas. O ADN codifica proteínas, pelo que é responsável pelas propriedades das células e por todo o organismo.

A membrana nuclear é uma membrana lipídica dupla. Contém poros, formados por proteínas membranosas através das quais são transportados materiais entre o citoplasma e o núcleo.

O retículo endoplasmático é uma continuação da camada externa da membrana nuclear. O retículo endoplasmático rugoso está mais próximo do núcleo. A sua superfície contém ribossomas, os quais sintetizam moléculas proteicas segundo a ordem especificada pelo ADN, que por sua vez é copiada no núcleo para as moléculas mensageiras de ARN. O retículo endoplasmático liso desempenha um importante papel na síntese lipídica e na desintoxicação. É aqui que são desintegrados certos materiais prejudiciais.

No aparelho de Golgi são processadas e embaladas as proteínas produzidas pelos ribossomas do retículo endoplasmático rugoso. Desempenha igualmente um importante papel em determinar o destino final das proteínas. Ao passar pelo aparelho de Golgi, as proteínas são transportadas da face cis para a face trans pelas vesículas.

A membrana celular é feita de moléculas fosfatídeas. A cabeça de uma molécula fosfatídea é polar, sendo por isso hidrofílica, e a cauda apolar, sendo por isso hidrofóbica. As partes hidrofóbicas viram-se umas para as outras e suplantam água, formando uma membrana dupla. As moléculas fosfotídeas podem mover-se livremente dentro de uma camada, embora raramente a abandonem, pelo que a membrana lipídica é um líquido bidimensional. Na membrana celular, as proteínas membranosas podem desempenhar várias funções: algumas servem como canais, enquanto outras funcionam como recetores, juntando moléculas de sinalização.

Os cloroplastos são importantes organelas das células vegetais que levam a cabo a fotossíntese. Têm uma membrana dupla, sendo que as dobras da membrana interior formam discos de tilacoides. Estes discos são muitas vezes empilhados, formando grana.

Tanto as células vegetais como as animais contêm mitocôndrias, as quais são muitas vezes chamadas de centrais de energia das células, já que produzem uma grande quantidade de ATP mediante a desintegração de moléculas orgânicas. A ATP é a molécula de transferência de energia das células.

Os organismos vivos caracterizam-se pela organização celular. As células são a mais pequena unidade de vida classificada num ser vivo, sendo frequentemente consideradas os tijolos que edificam a vida. As células têm processos biológicos, embora as organelas celulares em si não sejam coisas vivas.

Extras relacionados

A estrutura das células procarióticas e eucarióticas

Existem dois tipos básicos de células: células procarióticas e eucarióticas.

Amoeba proteus

Organismos unicelulares heterotróficos, cuja forma está em permanente mudança.

Euglena viridis

Eucariotas unicelulares de água doce, capazes de alimentação autotrófica e heterotrófica.

Fotossíntese

As plantas são capazes de produzir açúcar orgânico a partir de matéria inorgânica (dióxido de carbono e água).

Níveis de organização inferiores ao indivíduo

Esta animação mostra os níveis de organização biológica desde o indivíduo até ao nível celular, passando pelos órgãos e os tecidos.

Organização do material genético

Com um diâmetro de apenas alguns micrómetros, os núcleos das nossas células contêm quase 2 metros de ADN dobrado sobre si mesmo.

Paramecium caudatum

Organismo unicelular eucariota ciliado habitualmente encontrado em águas doces.

ADN

Contém a informação genética nas células.

Estrutura das proteínas

A estrutura e arranjo de cadeias polipeptídicas afeta a estrutura espacial da proteína.

Meiose

Os nossos gâmetas são células haploides produzidas a partir de células diploides por meiose, um tipo especial de divisão celular.

Mitose

A mitose é o processo pelo qual uma célula eucariótica se divide em duas células, permancecendo inalterado o número de cromossomas.

Órgãos vegetativos das plantas

Estes órgãos são vitais para a sobrevivência e desenvolvimento das plantas.

Bactérias (avançado)

As bactérias são organismos unicelulares que não possuem núcleo celular e têm alguns micrómetros de comprimento.

Cereais

Os cereais são espécies cultivadas para aproveitamento dos seus grãos comestíveis.

Clorofila

A clorofila é um pigmento verde que se encontra nas plantas e que desempenha um importante papel na fotossíntese.

Processos de transporte celular

Esta animação explica os processos de transporte ativo e passivo através de membranas celulares.

Bactérias (esferas, bastonetes, espirais)

As bactérias têm uma grande variedade de formas, entre elas esferas, bastonetes e espirais.

Celulose (C₆H₁₀O₅)n

É a matéria-prima da parede celular e fibras das plantas.

Flor

As animações apresentam a estrutura de uma flor típica

Fotossíntese (básico)

As plantas são capazes de produzir açúcar orgânico a partir de matéria inorgânica (dióxido de carbono e água).

Molécula de gordura

Três ácidos gordos saturados estão ligados à molécula de glicerina.

Molécula de óleo

Triglicéridos que contêm ácido gordo insaturado são líquidos à temperatura ambiente.

Sementes e germinação

As dicotiledóneas têm duas folhas embrionárias (cotilédones), enquanto as monocotiledóneas só têm uma.

Tecido conjuntivo

O tecido conjuntivo inclui o tecido conjuntivo frouxo e denso, o tecido adiposo, o sangue, o tecido cartilaginoso e o tecido ósseo.

Tecidos musculares

Os três tipos de músculos do corpo humano são o liso, o estriado e o cardíaco.

Comparação entre cogumelos tóxicos e comestíveis.

Certos cogumelos podem ser tóxicos e, por conseguinte, fatais para o ser humano, enquanto outros são comestíveis e bastante usados na culinária.

Vírus

Os vírus são compostos por proteína e ADN ou ARN. Reproduzem células infectadas para produzir mais vírus.

Added to your cart.