O teu carrinho de compras está vazio

Loja

Quantidade: 0

Total: 0,00

0

As províncias e cidades na Roma Antiga

As províncias e cidades na Roma Antiga

Esta animação apresenta a história da Roma Antiga através dos séculos

História

Palavras-chave

Római Birodalom, Roma, Roma antiga, período imperial, Romano, província, mar Mediterrâneo, limões, Antiguidade, comércio, Panonia, Mediterrâneo, história, capital, fronteira, conquista, globo, mapa em branco, conhecimento cartográfico, mapa, Terra

Extras relacionados

Cenas

Roma Antiga

  • O Império Romano em 230 DC - O território do Império Romano na sua expansão máxima era de 5000000 km².

Após séculos de guerras e conquistas, Roma tornou-se num poderoso império, a super potência da região do Mediterrâneo. O vasto império circundava quase totalmente o Mar Mediterrâneo, pelo que os romanos referiam-se-lhe como Mare Nostrum ("nosso mar").

A área do Império Romano na sua máxima expansão, no início do século II d.C., durante o reinado de Trajano, era de cerca de 5 milhões de km².

Expansão territorial

  • 510 aC
  • 320 aC
  • 300 aC
  • 270 aC
  • 220 aC
  • 190 aC
  • 140 aC
  • 70 aC
  • 40 aC
  • 20 dC
  • 70 dC
  • 140 dC
  • 230 dC
  • 300 dC

Províncias

As províncias eram a maior unidade territorial e administrativa das possessões territoriais de Roma fora de Itália. As províncias foram adicionadas em guerras de conquista, eram subjugadas a Roma e obrigadas a pagar impostos. A Sicilia (Sicília) foi a primeira província de Roma; foi conquistada em 241 a.C., após a 1ª Guerra Púnica.

Em geral, as províncias eram governadas por antigos magistrados de nível senatorial (por ex. antigos cônsules e praetores) após completarem os seus mandatos em Roma. Os governadores eram geralmente nomeados por 1 ano e muitas vezes eram simplesmente sorteados entre a lista de candidatos.

Povoamentos

  • Alexandria
  • Aquinco
  • Atenas
  • Bizâncio
  • Colonia Agrippina
  • Damascus
  • Londinium
  • Lugduno
  • Lutetia
  • Mediolanum
  • Neapolis
  • Olisipo
  • Roma
  • Toletum
  • Valentia
  • Vindobona

Com o crescimento de Roma, o número de cidades também ia aumentando, pois os romanos consolidavam as suas conquistas através do estabelecimento de colónias. Na Roma Imperial, existiam mais de 2 mil povoamentos que podem ser considerados como cidades ou vilas.

As vilas eram as unidades administrativas mais pequenas da Roma Antiga. Foram estabelecidos vários tipos de cidades, por exemplo povoamentos civis e povoamentos militares. No início, os estatutos e direitos das diferentes vilas e dos seus habitantes era muito variável. Mais tarde, com a expansão da lei romana, os seus estatutos foram estandardizados.

A cultura era pujante nas vilas romanas e os seus habitantes podiam usufruir de todas as conquistas civilizacionais. As vilas eram também centros de comércio, produção e religião. Para todas as vilas, Roma era o exemplo a seguir.

Rotas de comércio

As estradas (chamadas de "viae") eram as artérias de vida e comércio na Roma Antiga, com a cidade de Roma como o seu coração. De facto, o centro do sistema de estradas romano era a cidade de Roma. Daí o ditado: "Omns viae Romam ducunt" ("Todos os caminhos vão dar a Roma")

Para o comércio, o transporte marítimo era preferido. Os romanos navegavam o Mar Mediterrâneo assim como os rios mais importantes tais como o Reno, o Ebro ou o Nilo.

Com a expansão dos territórios de Roma, o sistema de estradas foi expandido para alem dos limites da Cidade Eterna e Itália e eram usado para o comércio. Portanto, os produtos produzidos nas províncias podiam ser transportados para o centro. Existiam várias rotas terrestres de comércio, por exemplo a Rota do Âmbar, que ligava o Mar Adriático ao Mar Báltico.

O limes

O limes era o sistema fronteiriço de defesa ao longo das fronteiras do Império Romano constituído por barreiras naturais e fortificações construídas. Elementos importantes dos limes eram por exemplo rios (por ex. o Danúbio) e cordilheiras montanhosas (por ex. os Alpes). Em regiões onde não existiam barreiras naturais, foram construídas muralhas com torres de vigia e portões.

Uma das secções mais conhecidas do sistema foi construído durante o reinado do Imperador Adriano (117-138) ao longo da fronteira norte da província da Britannia. A muralha de Adriano foi construída num período de 8 anos. Estendia-se por cerca de 120 km desde a costa Este à Oeste da ilha. As secções da muralha tinham cerca de 5 m de altura e 3 m de largura, e era pontuada por pequenos fortes (conhecidos como milecastles) construídos em intervalos regulares ao longo da sua extensão, com duas torres entre cada um.

Jogo com as províncias

Jogo com os povoamentos

Animação

  • 510 aC
  • 320 aC
  • 300 aC
  • 270 aC
  • 220 aC
  • 190 aC
  • 140 aC
  • 70 aC
  • 40 aC
  • 20 dC
  • 70 dC
  • 140 dC
  • 230 dC
  • 300 dC

Narração

A cidade de Roma, estabelecida no século 8 a.C., foi situada no centro da Península Apenina. Após séculos de guerras e conquistas, Roma tornou-se primeiro o soberano da península e depois o de toda a Região Mediterrânea. O grande império alcançou a sua maior extensão no início do século II d.C.

O controlo do império dependia das unidades territoriais e administrativas, ou seja, das províncias, que foram estabelecidas nos territórios conquistados. O limes, um sistema fronteiriço de defesa, constituído de barreiras naturais e fortalezas artificiais, defendia o império.

Com a extensão das fronteiras de Roma, desenvolveu-se também a lendária rede rodoviária que atravessava o inteiro império. As estradas e também as vias marítimas tornaram-se as artérias do comércio florescente.

Extras relacionados

Impérios antigos lendários

Vários impérios lendários foram construídos (e destruídos) ao longo da história.

Soldado romano (século I a. C.)

Os mercenários do Império Romano eram muito bem treinados e equipados.

Acampamento militar da Roma Antiga

Com a expansão do Império Romano, acampamentos militares foram estabelecidos nos territórios recém-conquistados.

Armas de cerco da Roma Antiga

Os antigos conquistadores romanos tinham eficientes armas de cerco, usadas no ataque a fortificações.

Quinquerreme (século III a.C.)

Este barco, com várias fileiras de remos, era o barco típico da Era Helenística.

Táticas da infantaria romana antiga

As antigas Legiões Romanas eram mestres em táticas militares.

A batalha dos Campos Cataláunicos (451)

O exército romano, liderado por Flávio Aécio, parou a invasão dos hunos, liderada pelo rei Átila.

A história da migração humana

A migração das grandes populações humanas teve início na Antiguidade.

Alésia (França, século I a.C.)

A cidade gaulesa de Alésia, defendida por Vercingetorix, foi cercada pelas forças romanas de Júlio César, em 52 a.C..

Ara Pacis Augustae (Roma, século I a.C.)

O Altar da Paz, mandado erigir no reinado de Augusto, foi uma das mais importantes obras da Roma Antiga.

Arena de Pula (Pula, século I)

Localizada na atual Croácia, a Arena de Pula foi um dos maiores anfiteatros romanos na Antiguidade.

Batalha de Ácio (31 a.C.)

Na batalha travada nas costas da Antiga Grécia, Octaviano obteve uma vitória decisiva sobre Marco António.

Batalha de Alésia (52 a.C.)

A cidade gaulesa de Alésia, defendida por Vercingétorix, foi cercada pelas forças romanas de Júlio César em 52 a.C.

Birreme (antiga embarcação de guerra a remos)

Um birreme é um antigo tipo de embarcação de guerra, utilizado por muitos exércitos, com uma característica proa pontiaguda e duas fileiras de remos.

Casa romana (domus)

Na Roma Antiga, a residência urbana das famílias abastadas era a domus, uma casa espaçosa, com várias divisões e plantas variadas.

Circo Máximo (Roma)

A enorme arena da Roma Antiga tornou-se famosa pelas suas corridas de bigas.

Coliseu (Roma, século I)

O mais famoso e esplendoroso anfiteatro de Roma foi construído no século I d.C.

Necrópole paleocristã, Cella Septichora (século IV, Pécs, Hungria)

A Necrópole paleocristã de Pécs, Hungria, é um local histórico incomparável.

O Palácio de Diocleciano (Split, Croácia)

O palácio semelhante a uma fortaleza foi construído por ordem do Imperador Romano Diocleciano na costa, perto da sua cidade natal.

Panteão (Roma, século II)

O "Templo de todos os deuses" foi construído durante o reinado do imperador romano Adriano.

Senador da Roma Antiga com a sua mulher

Os Senadores, como membros da mais alta classe social na Roma Antiga, usavam togas com bordas púrpuras.

Soldado de Constantino (século IV)

A prosperidade da parte oriental do império romano teve início no século IV, durante o reinado do imperador Constantino.

Termas de Caracala (Roma, século III)

O magnífico complexo das termas do imperador romano foi construído no século III A. D.

Added to your cart.